Get Adobe Flash player

DiaAlimentacao

O dia 16 de outubro marca o dia da fundação da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura, em 1945. A celebração do Dia Mundial da Alimentação foi estabelecida em novembro de 1979 pelos países membros na 20ª Conferência da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura. Neste dia realizam-se muitas atividades relacionadas com a nutrição e a alimentação, com a participação de cerca de 150 países, incluindo Portugal.

Para comemorar o dia Mundial da Alimentação, no dia 16 de outubro de 2017, a Associação Portuguesa de Nutrição sugeriu atividades relacionadas com a temática da sustentabilidade alimentar. Neste âmbito, a professora Elsa Luís monitora do Projeto Rede Bufetes Escolares Saudáveis da escola EB23 do Estreito de Câmara de Lobos juntamente com os alunos inscritos no Projeto, não deixaram passar despercebido este dia tão importante para promover a nossa Saúde Individual e Comunitária. Para tal, procederam à elaboração e afixação de cartazes sobre sustentabilidade alimentar, assim como, algumas informações sobre a Roda dos Alimentos e a sua importância na prática de uma dieta alimentar saudável.

Os cartazes foram elaborados com base numa pesquisa de informação na Associação Portuguesa de Nutrição. Alimentar o futuro: uma reflexão sobre sustentabilidade alimentar. E-book n.° 43. Porto: Associação Portuguesa de Nutrição; 2017. e em bibliografia no âmbito da temática da alimentação, a partir da qual foi compilado um conjunto de informação.

No bar da escola foram também elaboradas pirâmides alimentares que ficaram expostas nas mesas do bar dos professores e dos alunos, com o objetivo de sensibilizar a comunidade educativa para a importância e benefícios de uma alimentação saudável (completa, equilibrada, variada e adequada). Os alunos integrados no Projeto ajudaram na montagem das pirâmides alimentares e no preenchimento dos vários sectores com recortes de alimentos de panfletos. que ficou muito colorida e original. A docente responsável pelo Projeto dinamizou uma sessão de jogos didáticos com a mesma temática e abordou a importância da dieta mediterrânica com os discentes, que é considerada uma das mais saudáveis do Mundo, e até ajuda a combater o risco de obesidade, doenças cardiovasculares, diabetes e alguns tipos de cancro. Por isso, é a base perfeita para nos guiarmos na nossa alimentação diária: ingerindo muitos alimentos de origem vegetal, muito peixe, pouca carne vermelha (é preferível comer carnes brancas), alguns laticínios e a utilização do azeite como principal fonte de gordura.

Projeto RBES